24 de fevereiro de 2018
Saúde emocional no trabalho
Saúde emocional no trabalho

Saúde Emocional

Quando falamos sobre saúde, as pessoas logo pensam em sua saúde física, porém, ela não é a única com a qual devemos nos preocupar. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a saúde se divide em física, mental e social e ser saudável é manter o equilíbrio entre essas três áreas. A saúde emocional integra a área mental da saúde e mantê-la pode se tornar um desafio.

Costumamos nos preocupar com as situações externas a nós, enxergando o que há de errado com o mundo e deixamos de olhar para o nosso interior. Nossos sentimentos, desejos e frustrações são deixados em segundo plano.

Poucos têm a habilidade de perceber que há algo errado consigo mesmo e isso afeta nossa saúde emocional. Quando deixamos de dar atenção às emoções nós adoecemos e isso pode ser visto em suas atitudes, que não passam de reflexos dos nossos pensamentos.

Um profissional emocionalmente doente não é capaz de controlar suas emoções e de enxergar o que o cerca e a si próprio, tonando-se muitas vezes frustrado e incapaz de resolver problemas que possam surgir.

As empresas buscam pessoas que saibam lidar com as suas emoções e com os imprevistos comuns a qualquer cargo e isso só é possível quando se está emocionalmente saudável. Uma mente sã lhe permite analisar e resolver problemas de maneira global, aumentando assim sua produtividade e, consequentemente, o desempenho da empresa.

Saiba agora como a inteligência emocional (IE) pode ajudar você a conquistar uma melhor saúde emocional.

Como a Inteligência Emocional ajuda na Saúde Emocional
Pessoas com Inteligência Emocional são capazes de lidar melhor com situações imprevistas e de estresse tanto fora como dentro do ambiente de trabalho.

Abaixo, listamos alguns benefícios que a Inteligência Emocional oferece para promoção da sua saúde emocional.

Autopercepção.
A Inteligência Emocional permite que tenhamos um maior autoconhecimento, ou seja, que identifiquemos nossas habilidades e limitações, e isso é fundamental para que possamos desenvolver competências e melhorar os pontos fracos.

Autocontrole.
Manter a calma e a paciência diante de um momento de tensão nos ajuda a enxergar melhor a situação e suas possíveis soluções.

Respeito.
O respeito é a base para qualquer relacionamento interpessoal. Saber respeitar as opiniões, crenças e visões dos colegas de trabalho são cruciais para não haver discussões, intrigas e agressões desnecessárias.

Flexibilidade.
Ser flexível com suas opiniões, além de te ajudar a entrar em contato com diferentes visões de mundo, pode evitar que uma simples decisão se torne uma briga entre você e seus colegas.

Melhora na comunicação.
A comunicação faz parte de qualquer ambiente, e a Inteligência Emocional mostra a importância de ouvir o que o outro tem a dizer antes de falar ou criticar. Isso torna o ambiente mais propício para o diálogo, contribuindo para uma comunicação construtiva.

Motivar a si mesmo e aos outros.
A saúde emocional está intimamente ligada a sua motivação e a da sua equipe. Quando estamos motivados a fazer algo para uma causa maior, o trabalho fica mais leve e satisfatório, melhorando assim os resultados.

Fonte - https://menthes.com.br